segunda-feira, 21 de março de 2011

Escondido em Casa

Na soleira sei que há flores
De alguém que me procura
E não sei por que motivo
Não consegue encontrar

Minha casa está escura
Sinto medo da verdade
Lá de fora meu cachorro
Uiva gritos de terror

"Por favor, alguém em casa?"
(Não respondo...
Fico mudo)