segunda-feira, 24 de junho de 2013

Sugestão de viabilidade para fomento de energia solar no Brasil



Exemplo de instalação de energia solar em uma residência



Qual seria a melhor opção de energia renovável para o Brasil?

Bom, as opções já são muito conhecidas (eólica, solar etc.). Contudo, o que seria mais viável, e como?

A minha ideia é a seguinte. Energia solar! Por quê? Há alguns dias estive pesquisando sobre energia solar em sites de instaladores de painéis residenciais. Como assisto muitos programas sobre o assunto, e até porque estudei engenharia, sei que o grande problema da energia solar é o alto custo de instalação. Uma instalação para suprir os gastos de uma residência custaria mais de 10.000 reais. Sem contar que a energia só é gerada nos dias de sol, e ainda, não pode ser estocada. Portanto, mesmo com a energia solar suficiente, o morador ainda dependeria da rede pública de eletricidade. Ruim, não parece?

Entetanto, outras vantagens favorecem seu uso e desenvolvimento em nosso país. PRIMEIRO: o Brasil, por ser um país de clima tropical, torna-se muito propenso ao aproveitamento de energia solar. SEGUNDO: Quando sobra energia da "mini usina solar residencial", essa energia pode ser injetada na rede pública de energia elétrica, medida com um contador de luz, de onde se subtrai esse valor injetado da conta de luz do mês seguinte. Assim, dependendo da energia gerada, o cidadão pode até zerar sua conta de luz! Não é ótimo? TERCEIRO: Li que o Brasil tem uma das maiores reservas de silício do mundo, justamente a metéria-prima que encarece o custo dos paineis solares. Ou seja, se aumentássemos a exploração de silício, o preço de custo diminuiria consideravelmente.

Mas o problema de aumentar a produção (para baratear o custo) é o seguinte: como incentivar as pessoas a instalar em massa os paineis solares?

E aí que está a solução que pensei para este problema. Há pouco tempo assisti na televisão um comercial relacionado ao Programa Minha Casa Minha Vida, da Caixa, em que o Governo financia um valor de 5.000 reais para que o beneficiado compre eletrodomésticos e móveis para sua casa. Ora, "juntei os pauzinhos". Por que o Governo não realiza um grande incentivo de crédito para que a população instale painéis solares em suas casas? Qual a vantagem disso? Ora, quando você gasta 5.000 reais em eletrodomésticos e móveis, você simplesmente se endivida, tendo que pagar com juros esse valor. Por outro lado, com um financiamento de cerca de 10.000 para instalação de painéis solares, a pessoa reduz consideravelmente sua conta de luz PARA SEMPRE. Ou seja, em pouco tempo, com a economia na conta de luz, o cidadão, de fato, estará pagando o financiamento automaticamente. Após o pagamento, uma pessoa com renda de 900 reais, por exemplo, que pagava uma conta de luz de 100 reais, poderá economizar 90. E isso é como se seu salário tivesse um acréscimo de 90 reais, sem nenhum custo para o governo.

Além do mais, a construção de uma hidroelétrica gera emprego inicialmente para sua construção, porém, muito pouco em sua manutenção. Por outro lado, o incentivo na exploração de silício empregará muitos mineiros. E, o Brasil teria capacidade para explorar silício? Ora, a Vale do Rio Doce é uma das maiores mineradoras DO MUNDO!! Pena que foi privatizada, porém, mesmo assim, gerará muitos empregos para mineiros, além de fomentar toda uma economia de indústria e de instalação de placas de silício, além do maquinário empregado etc.

E o governo pode fazer isso? Claro! É só pensar o que o governo fez com a Petrobrás. Ao invés de comprar navios e plataformas mais baratas do exterior, pagou um pouco mais caro para indústrias brasileiras, gerando empregos e fomentando a NOSSA economia. Por isso, as ações da Petrobrás estão em queda nos últimos dois anos. Mas isso não quer dizer que ela está falindo. Na verdade, as ações vão começar a subir em breve, assim que os navios e plataformas forem entregues pela indústria brasileira. Li sobre isso num site de um comentarista financeiro. Ele concluiu dizendo que "está na hora de comprar ações da Petrobrás". Depois as pessoas criticam a falta de liberalismo econômico no Brasil, mas esquecem que o liberalismo é o responsável por entregar dinheiro àqueles que já tem. Aos países desenvolvidos, por exemplo.

Assim, divulgue essa ideia! Acabei de assinar uma petição contra a construção da usina elétrica no Xingu, na amazônia, a Hidrelétrica de Belo Monte. Por isso acabei inspirando-me a escrever tudo isso, com base nas minhas pesquisas e observações casuais dos últimos dias. E, acho que devemos aproveitar essa onda de protestos para propagar sugestões também.

Só tem um problema. Aos políticos, muitas vezes certos investimentos não interessam. Por exemplo, quando não investem em poços de água no nordeste. Foi mais do que provado que aquela era uma ótima solução para aquele povo. Porém, eles contiuam preferindo deixar o povo com sede a fim de continuar trocando água por votos. Essa é a triste realidade do Brasil. Porém, com esses movimentos, com a pressão popular sobre eles, muita coisa pode mudar.

O Brasil tem MUITAS SOLUÇÕES minha gente!! Basta fazer!!

terça-feira, 18 de junho de 2013

Não há revolução sem destruição de antigos símbolos


Vou dizer o que penso a respeito dos vandalismos ocorridos...
-Todos tem medo de fazer o que consideram errado. E a maioria não faz.
-Claro que é uma barbaridade vandalisar bancas de revisteiros que não têm nada a ver com isso e, ainda por cima, fazem parte do próprio povo.
-Claro que é errado machucar policiais, pois eles só cumprem ordens, fazem parte do sistema do governo, ok, mas também são o povo.
-Claro que é errada qualquer tipo de violência física contra pessoas, ou que é errado causar prejuízos financeiros a pessoas do povo.

Contudo,

-Vidraças da prefeitura, por exemplo, são apenas SÍMBOLOS do governo o qual somos contra.
-ônibus são símbolos de "máfias do transporte público".
-Assim como o símples ato de invadir o Congresso é um SÍMBOLO de que O POVO ESTÁ NO PODER!!

Explico:
-O povo é uma multidão: cada um faz o que seu superego permite-lhe. Cada um tem sua maneira de expressar sua indignação. E cada um tem as SUAS INDIGNAÇÕES. Tem gente que só quer a queda das tarifas. Tem gente que odeia qualquer forma de governo. Tem gente que se sente oprimido. Tem gente que quer saúde. Tem gente que quer educação. Tem gente que é contra a corrupção. E tem gente que se revolta com TUDO ISSO.

ENTÃO,

-Sou contra a violência de pessoas contra pessoas.
-Mas não sou contra a destruição de símbolos. Eu não teria tanta coragem, pois posso ser preso por isso. Mas duvido que TODOS, bem no fundo, não tenham vontade de QUEBRAR TUDO (os símbolos!). Quem não gostaria de que pixassem o Congresso, escrevendo "LADRÕES FILHOS DUMA PUTA!!" ou coisas do tipo? Atire a primeira pedra quem, lá no fundo, não se regozija com isso!!
-Por isso, não sejam tão inocentes!! Historicamente, os símbolos SEMPRE são destruídos nas revoluções!!